quarta-feira, 13 de junho de 2007

Inspiração

Ar..
És..
Inspiração
Inspira
Ação
Ar..
És..
Ares
Artes até
Melodiar
Melo o dia
Mel ardia
Ar..
Áries
Varies
Mares
És..
Desfaz
Insípida
Ação
Trás
Transpira
Transpõe
Tramita
A ação
Transcrita
Evita
Redenção
Rede
Canção
Canso
Da ação
Cândida
Faz da semântica
Ser mantra
Tantra
Tanta
Expressão
Expressa
Ação
És..
Ar..
És..
Lar..
Estar
Excitar
Estelar
És tela
Teia
Sereia
Ser
Meia
Mar
Meia
Ar
Semeia
Somos
Par
Para
Durar
Duro
Ar
D´ouro
Ar..
Durma
Em mim
Meu ar...

5 comentários:

Cátia Margarida disse...

Arrefeço os olhos como biscoitos
à janela num dia de chuva
e visito tuas muralhas espreitando
com a curiosidade do esplendor
e sempre caio por ser tão pequena
ante tão grande magnificiência.

Sou poeta de esquecimento.
As levam palavras o que quero dizer
a quem nunca falarei
e eu avanço aos tropeçoes
por onde nunca me arrastaria
porque não avanço sequer
ando em paralelo numa linha infinita (de dor ou calor ou amor).

Lynn disse...

esse homem é puro amor e poesia!
preciso escrever... vc me inspira nesse sentido. fico achando que preciso ter tempo...
mas olho pra vc, e ó... que coisa... vc mal tem tempo e faz tudo e muito mais.

grande beijo

Lynn disse...

acho que preciso de forma urgente de noites na chapada, uma roda, violão, papos, amigos, estrelas luminosas...paz, ai, como preciso.

•Isamara Paes disse...

estou meio sem palavras
entrou aqui é encontro
um poeta-escrito.
tu tens o poder
todo o poder
nas tuas mãos.
leio e impressiona-me.
=)

tayná. disse...

um surto de esperança
venha cá e me amarre em suas tranças
fazendo-me rodopiar sem saber o que fazer
suje as mãos na minha seiva
que escorre dos olhos
e incendeia
inspiração, és tu
que me faz escalar montanhas com as unhas
limpar a alma imunda
cuspir a vida suja
pra bem longe daqui
embriaga-me uma vez mais
traga um beque e me devolva
a paz que roubaram de mim.