sexta-feira, 3 de outubro de 2008

Elisa ou Brisa-arpão...

És lisa
Elisa
Escorregadia
Como seus olhares
E sua vida vadia
Serpenteias
Entre os pares
Pra que lares?
Se tem o céu do dia
E o teto da noite
Se vive como um açoite
Na carne alheia
Se és injetada na veia
Para uma loucura direta
Real
Vossa magestade
Só não haver meta
Ou reta
Que te comporte
Pois os que tem sorte
Fazem divinações em teus cortes
Os que não
Ficam pelo chão
Ladrilhando o caminho
Dessa tua vida cor de vinho
Que tanto causa desalinho
Quanto faz dançar a criação
Porque matizas
Martirizas
Enquanto deslizas
Como arpão
Do peito que pisas
Doce como uma brisa
Rumando para a imensidão...

15 comentários:

Gabriele Fidalgo disse...

Hahahahaha

Elisa é uma louca desvairada que teima e quer sempre mais.

quer saber? ela ri!

:*

Camila disse...

Talvez toda mulher quisesse ser Elisa, mas não tem coragem... Talvez até eu.

Beijos!

Márcia(clarinha) disse...

quem dera todas tivessem
a força que Elisa tem
o vinho liso
escorrendo goelabaixo
tinto
quem dera louca fosse
como Elisa
quem dera

lindo dia,
beijos

... disse...

Quisera eu tb ser um pouco Elisa...
Quem sabe um dia eu chego lá...
Beijos querido
Glaucia

Aline Dias disse...

Tenho problemas, ou não, com Elisas, mas são elas, bem assim, por dizer.

;P

Leonardo Hoffman disse...

Lembrei direto da Elisa do blog da Gabi.

Elisa que tesa,inunda,cria.Faz da intensidade praxe.Da nossa mente bobagem,miragem.

Anônimo disse...

Olá!
Vim lhe fazer uma visitinha!
Adorei seublog!
Beijos
http://sex-appeal.zip.net

Lais Mouriê disse...

Sou ou não sou Elisa??

Ale Danyluk disse...

Salve meu Rei!!!
Despretensiosamente você acaba sempre trazendo á tona
Sentimentos e questionamentos próprios ou alheios...
Tempo para reflexão! Muito bom sim. E sempre.
Aí vamos tentando virar uma metade de alguma coisa,
Um quase rascunho, um rabisco, uma perfeita tentativa...
Um meio caminho andado com muitos passos ainda a percorrer.
Mas na sua companhia é sempre melhor.
Beijos e boa semana
Ale

OBS : O Leonardo lembrou de uma Elisa e acabou me fazendo lembrar de outra,
A Elisa Lucinda, grande poetisa, lindos textos, enfim, as Elisas fazendo história.
Eu não sou Elisa,
mas adoro uma brisa... rsrsrsrs

Ana Diniz disse...

Nossa, mas que mulher poderosa!


Bjos, Jorge!

Ana

Gabriele Fidalgo disse...

'She's got the devil in her heart!'

ótima trilha sonora. ;]

• predicativa disse...

ah, Elisa..
essa tua pela lisa
sempre confundindo o ar!

Pâmela disse...

Obrigada pelos parabéns!
Elisa-louca mas feliz.
Isso é o essencial, não?
Boa semana!

Tâmara disse...

Entáo Vante, segure Elisa...
Antes que ela escorra...

Ps>> De um beijo na Elisa por mim!

Abraços!

Luciana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.