quarta-feira, 25 de junho de 2008

Perfeição ou Impecável

Linda. Não andava, dançava. Não dançava, bailava. Era daquelas acostumada a ser desejada. Homens olhavam-na nos olhos desejosos de abatê-la, mas, ao fim, conformavam-se de contemplar sua sinuosidade. Ela se insinuava, apenas para vê-los morrer de sede. Dava-lhe prazer vê-los desejosos até mesmo da poeira de seus passos, mesmo se os pés não tocavam o chão. Sorria e os olhos brilhavam num tom mais forte.
As amigas a invejavam, ela bem sabia.. nem todas por mal, mas essas ela pouco considerava. As inimigas também a invejavam, ela bem sabia.. a achavam a rainha do inferno. Mas uma rainha. Mal sabiam que ela era ditadora unívoca de qualquer que fosse o reino. E era quente realmente.
Era generosa em compartilhar seu sorriso e sua suntuosidade. Isso inflava-lhe o peito. Usava de ardis para dobrar a todos, tinha muitas armas. Tinha a fama das damas intocáveis. Tinha a chama. O charme e a simpatia. Tudo acontecia quando sorria. Não que habitasse o Olimpo, mas era como se andasse pelo mundo para desencaminhar os homens e irritar as mulheres. Cochichos a precediam e chegavam após sua passagem. Conhecia todos e de alguns até gostava.
Tinha descontos. Pão quentinho. Preferência. Bom lugar. Atendimento requintado. Presentes por todo lado. Flores no apartamento de nomes que lhe eram estranhos. Tinha boas notas. Os homens tratavam-na por uma abreviatura insinuante. As mulheres por um diminutivo desnecessário. Desesmpenho invejável sem qualquer gota de suor. Sonhavam com seu suor. Sonhavam com sua carne. Elogios de desconhecidos. Avaliações agradabilíssimas. Sucesso invejável. Declarações apaixonadas de estranhos completos. Suspiravam por ela. Desejavam-na.
Perfeita.
Pois feita.
Se enfeita.
Se deleita.
Se ajeita para alguém sempre à espreita.
Já que ninguém a conhece.
Ela convence que é exatamente o que lhe apetece.
Parece a própria personificação de suas preces.
Não parece?
Mas padece
Porque da "plata" nunca desce
E esquece
Que toda estrela brilha
Mas logo acaba a pilha
E se você vive em uma ilha
A beleza arrefece
A carne endurece
Acaba a quermesse
E não resta vitória
Só a memória
De uma história
Com uma vilã impecável...

8 comentários:

Shitagi disse...

A beleza arrefece, a vaidade escurece...

Juliana Caribé disse...

E o que será que ela esconde atrás de toda essa segurança?

Beijos.

Glaucia disse...

Tenho um horror aos tipinhos estilo Diva total radiante e vc sabe bem né ? rsss
Há pessoas que conseguem mais do que viver em uma ilha, há os que são a própria ilha ...
Só que ao invés de estar cercada de água por todos os lados, a linda e impecável ilha humana quer estar cercada de olhares por todos os lados e para cada segundo um flash!!! rsss
Como diria o sábio Lobão:

É Tudo Pose - Lobão
Composição: Lobão - Bernardo Vilhena - Ivo Meirelles

Na vida hoje
É tudo pose
Todo mundo se imagina estampado em outdoor
É tudo pose, é tudo pose, é tudo pose
Preocupados com olhares ao redor
Pra entrar no carro
Pra sair na rua
Tudo, tudo vira pose, é bem pior que na TV
Pra tirar um sarro
Cada um na sua
Inventando pose até pra morrer
É tudo pose, é tudo pose, é tudo pose
A vida, vida sempre foi assim
É tudo pose, é tudo pose, é tudo pose
Sai dessa podre ou vê se sai de mim
Pose pra quê?
Pose pra quem?
Com essa pose você não vai ser ninguém
Seja você
Sai do normal
No fim de tudo a vida vira um carnaval
É tudo pose, é tudo pose, é tudo pose
A vida sempre, sempre foi assim
É tudo pose, é tudo pose, é tudo pose
Sai dessa podre ou vê se sai de mim

_E se eu fosse puta...Tu lias?_ disse...

... não vou discutir;)


adorei a música e como sempre as palavras...

beijinhos mil

Tâmara disse...

AGORA SAO EXATAMENTE 2 HS DA MADRUGADA.NOITE FRIA. E A UNICA COISA QUE VEM Á CABEÇA:
BOLAR VOCE NO MEU CIGARRO E FUMAR DELICADAMENTE ATE AQUECER A ALMA...
RS
BEIJOS!!!

Gabriele Fidalgo disse...

Adorei, poeta!!


Beijos!!

Aline Aimée disse...

a tua prosa poética
ecoa
belamente
faz delirar
é suspiro quente
e marca,
saliente,
o nosso roçar
de idéias
frementes.

Anja Rakas disse...

Mulher tem que acabar sendo vilã.
Confesso que somos mesmo. ;)

Uma mulher tem que ter qualquer coisa além da beleza,
Qualquer coisa de triste, qualquer coisa que chora,
Qualquer coisa que sente saudade.
Um molejo de amor machucado,
Uma beleza que vem da tristeza de se saber mulher,
Feita apenas para amar, para sofrer pelo seu amor
E para ser só perdão.

Vinícius de Morais

Mulher!

Bjs angelicais