quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Sobre infernos astrais, um pouco de paz e o que aqui se faz...


Acabado o inferno astral
Não é que tudo tornou ao normal
O dia-a-dia nas páginas do jornal
Só as chuvas que fojem do ritmo sazional
Mas para não dizer que vai tudo igual
Depois da tempestade
Bem sabem
Vem a bonança
E se acostuma haver dança
E verde esperança
Também cabem
As pródigas amizades
E esse louvor pela insaciedade
Que me alimenta
Que não se dobra à tormenta
Que sempre se reinventa
Ou pelo menos tenta
Mas o que por aqui mais se comenta
É que o tumor do meu pai diminuiu
Que o céu vai se abrindo no estio
E que no fim do ano tem passeio de navio
Lá na Bahia
E que antes desse dia
Tem AC DC em Sampa
E até lá a gente trampa
E no intertício canta
Que a graça nessa história é tanta
Que há de fazer todo povo sambar...

7 comentários:

Lilianne Mirian' disse...

- E que Bo que o Inferno ASTRAL Sse Foi..
E que ele fique Por lá
Bem Lá
E que vcoe~fique por aqui, bem aqui
e BEM..
Muitas coisas Boas Poce
e Positiiviidade Sempre Queridio
;*

Ale Danyluk disse...

"Ninguém alguma vez escreveu ou pintou, esculpiu, modelou, construiu ou inventou senão para sair do inferno ..." (Artaud)

E pra você ele já foi...
Foi junto com a mudança,
Agora só esperança!
Sonhos, decisões, multidões,
O retorno só ano que vem,
Com outra festa, outra data,
Uma possível serenata,
Mas sempre com seu sorriso,
É dele que preciso,
Verdadeiro e singular,
Continue esse nêgo exemplar!
Muito axé e boas vibrações
E continue incendiando nossos corações...

Beijo n'alma
Ale

renata disse...

e, não há nada mais bonito que um samba!

p.s: cada visita sua é um encanto!

beijo meu.

Martinha disse...

Que esses dias mais rotineiros sejam, sucessivamente, melhores e mais diversificados. ;)

Érica disse...

Amanhã vai ser outro dia, falou tá falado...
Acabou, porque tudo passa, e se o que é bom se vai, o que é ruim também fica pra trás. Pra frente, sempre, sentindo a pulsação.

Ps. Já cansei de dizer como eu adoro esse espaço, e esse teu lirismo cantado em poemas, rimados, fazem todo sentido.

Beijos meus

Érica disse...

Tu sabe voar, e como sabe!

ps. fui la ver o teu ps. Quem não já teve um doce abismo?

;)

renata disse...

tem selo pra você, no meu blog.

beijo!