domingo, 4 de outubro de 2009

É isso Alice...


Ria o chapeleiro louco
Todo problema
Para ele era pouco
E gritou até ficar rouco
Tenho um lema
Ou seria teorema
Enfim, não importa o tema
Mas sim que há um quarto caminho
Pelo qual pouca gente rema
Não que se ande por lá sozinho
Ou que lá só tenha espinho
É que o sistema
Entre tantas possibilidades
Elege uma magestade
Gordinha e com ares de sossego
E lá vai a maioria presse arrego
Sem qualquer desapego
Se prender a vaidades
A opção
À tal verdade
Parece ser dizer não
Rechaçar o chão
E crer que a mentira virou solução
Mas se olhar bem há um vão
Condição terceira
Dos que se equilibram pela beira
Na vida dão rasteira
E não se prendem a qualquer besteira
Mas é no alto
Muito acima do asfalto
Que um tipo incauto
Um tipo pelo qual me pauto
Alteia
Tal criatura entre as possibilidades serpenteia
Panes no sistema desencadeia
Porque sabe que no fundo
O que realmente a tudo permeia
Nesse mundo
É algo tão profundo
Que qualquer caminho é fecundo
Pra quem busca o que anseia...

10 comentários:

Priscila Mondschein disse...

Alice é sempre inspiradora, símbolo de conflito entre realidade e fantasia! Muito bom, adorei!
Beijos

yo disse...

acho que já fui corrompida pelo sistema....merda!

Martinha disse...

Palavras que parecem de um doido, mas até têm o seu sentido. :)

renata disse...

e eu tô esperando ansiosamente, contando os segundos, pro dia desse filme!

=*

Érica disse...

Acho que preciso saber melhor o que procuro...

Beijos

Luana Inaudita disse...

Sigo na trilha de Carroll
caminho tortuoso
parece viagem de ácido
intrínseco e venenoso

olho assustada
a loucura do chapeleiro
e noto que na insanidade
habita um mundo inteiro

Fi disse...

No silencio q n me queimou os olhos
Pude ler e crescer
A cada tempo de leitura
A cada mais apetecer
Poder mostrar minha amargura
De n te poder dizer
Q a cada passagem
Nos meus olhos a miragem
De te querer dizer
E n poder
Q suas letras fazem em mim poesia
Me embalam com tal cortesia
Q sua escrita me vicia
E eu volto ressacada
De mais uma e outra palavra
Que n deixei de ler
Mesmo qdo n pude escrever

Bjs

Vanessa disse...

.
amo Alice e vc

te beijo

.

Cαmilα ♥ disse...

'O que realmente a tudo permeia
Nesse mundo
É algo tão profundo
Que qualquer caminho é fecundo
Pra quem busca o que anseia...'

A mais pura verdade...
E eu ando buscando, viu!

Tâmara disse...

É uma pena que meu nome não seja Alice!

risos