segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Personagens...

- Era o que eu queria..
- Isso?
- Exatamente, se é que exatidão se aplica..
- Não parece.. eu confesso que esperava algo mais.. grandioso.. épico até.
- Não, não, não.. os épicos estão fora de moda.. os micro-universos já provaram seu valor.. os tempos mudaram.. as espirais se expandiram.. entropia, como eu gosto de dizer..
- Foi seu melhor personagem?
- Não gosto de fazer esse tipo de juízo.. e além do mais, era um bela história.. o enredo é muito importante..
- Determina muita coisa.
- Não sou de determinismos.. mas adoro uma bela paisagem..
- E os outros personagens? Algum marcante?
- Todos.. ao vestir e despir deixam cicatrizes na carne.. cada um.. dos alívios às dores bebi tudo que puderam me oferecer. Alguns me deram fome, mais que sede.. outros, dores mais que amores.. mas nenhum deixou de trazer movimento..
- Você faz parecer uma caminhada.. a la essa longa estrada da vida..
- Tem quem nada.. quem voe.. quem caminhe.. quem corra.. quem paire.. quem pare.. eu vou.. mais a la deixe-me ir, preciso andar, vou por aí a procurar.. rir pra não chorar..
- Cartola?
- Quando cabem chapéus...
- Bem.. acho que é isso.. obrigado pela conversa..
- O prazer foi meu. Sempre gostei de diálogos. É bom saber que termina assim sabe.. é um jeito legal de terminar..
- Obrigada. Geralmente meu serviço não é lá muito reconhecido..
- Eu acho que não haveria personagem melhor pro final da minha história do que você..
- E quem disse que é o final?

8 comentários:

Martinha disse...

Conversa de actores? Ou talvez, um mero discurso sobre o decorrer da vida?
Seja o que for, é interessante. :)

Martinha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Senhora Loirinha Má disse...

Salve Jorge, que homem corajoso é você para levar esse papo tão casual com a Dama da Foice.

Érica disse...

Com a morte? Eu não pensei que fosse. Talvez com o tempo, um diálogo com o tempo ou até com o acaso. Não sei, mas adoro diálogos.
E esse foi ótimo.
Beijos

Priscila Mondschein disse...

Pois é, ninguém sabe se é o final, ou se a história continua!!!
Que saudade do seu cantinho...
Beijos!

Cαmilα ♥ disse...

Adoro história sem fim.

(:

forever disse...

...e quase nunca´é mesmo o fim...
lindo, adorei! beijos

Aline Christal disse...

...e tudo começa de novo. É a vida!


matando saudades, caro amado e querido Salve Joge!