quinta-feira, 21 de maio de 2009

Intermitências

...


Nas fronteiras desses limites é que jaz, ondulante, um mar de possibilidades...


...

12 comentários:

pree disse...

eu li jazz. e ficou bom, olha só: "Nas fronteiras desses limites é que jazz, ondulante, um mar de possibilidades..."

_E se eu fosse puta...Tu lias?_ disse...

Sarava!

.... de sonhos e mudanças!

Adorei!


beijosssssss

Ju disse...

"As reticências são os três primeiros pregos do pensamento que continua por conta própria o seu caminho."
Mário Quintana

Selena Sartorelo disse...

Corri prá saber se sabia
Descubri que o que pensava
não valia.
Interrompi o momento
com a tua intermitência vadia
E quando li ví que entendia.

beijos

Maria Muadiê disse...

bela frase!

Priscila Mondschein disse...

Ultimamente tô precisando de ajuda pra ver as possibilidades! rsrs
Beijos!

Martinha disse...

Para lá da linha do horizonte há sempre mais Mundo e mais possibilidades a viver. :P

Aline Christal disse...

...possibilidades!

Eu amo esta palavra...é quase uma música inteira em 14 letras.


po (pó, tudo, texto)
ssi (gosto assim mesmo)
bi (é o que sou)
li (ali, logo perto)
da (depende de quem)
des (ou dez ou não foi)

Fabi disse...

Quem fica na ondulação desse mar a espera da possibilidade se afoga.
Corramos atrás!
Beijos

Larissa disse...

Vamos nos jogar, nos jogar, nos jogar!

Senhora Loirinha Má disse...

A reticência é ondulante e azul, como um blues, aqui onde o limite jazz.

TOOP disse...

SEMPRE. E TANTO.