sábado, 27 de agosto de 2011

Convite pra minha festa de aniversário...

Certa vez houve um doidão
Que inventou de inventar uma festa
Uma apoteótica celebração
Onde o povo desembesta
O que vale é diversão
Como a própria história atesta
Mesmo se fraqueja a memória
Cada qual tem sua glória
Seja de resgatar a lucidez matinal como vitória
Ou sucumbir a lissergia compulsória
Das vertigens de uma festividade sem fim
Tenho, por isso mesmo, cá pra mim
Que a festa é o conjunto
Desde a frivolidade do assunto
Até o alvorecer no jardim
Cada amigo com sabor de perpetuar
Cada amiga me fazendo dançar
Cada parceria construindo com a doçura do par
Cada doid@ que conheço que me faz atestar
A gente tá aqui pela passagem
Então aproveita a paisagem
Saboreia essa viagem
E bora festajar!!!!

2 comentários:

Welcome to Mary disse...

O dia tão esperado do ano se aproxima!

Ego. disse...

Festejo, festejo e festejo!!!
Viva sua vida meu Rey!!!

Bjos de cá, saudades!!!